Veja quantas doses do lote interditado da CoronaVac foram aplicadas em cada cidade do TO

0
70

Ao todo, o Tocantins recebeu 500 doses de um dos lotes com problema e municípios fizeram aplicação de 226 delas. Tocantins recebeu lote da CoronaVac que foi suspenso pela Anvisa
Geovana Alburquerque/Agência Saúde
Das 29 cidades do Tocantins que receberam doses da CoronaVac dos lotes que foram interditados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) apenas três não fizeram nenhuma aplicação: Barrolândia, Novo alegre e Silvanópolis. A lista com a quantidade de doses que foram aplicadas em cada cidade foi divulgada nesta quinta-feira (23) pela Secretaria de Estado da Saúde. (Veja a lista ao fim da reportagem)
Segundo a SES, as cidades com mais doses aplicadas são Peixe, com 29 casos e Chapada da Natividade, com 24. Em todo o estado, 226 pessoas receberam uma dose do lote com problemas. As outras 274 doses estão nos estoques dos municípios e devem ser recolhidas na próxima semana.
Apesar da interdição, o Instituto Butantan garante que o imunizante não traz riscos para os moradores. A questão é que o envasamento foi feito em uma fábrica não inspecionada pela Anvisa na China e por isso os lotes foram interditados preventivamente. Ainda não se sabe se quem tomou a vacina precisará receber uma dose extra.
A vacina CoronaVac permanece autorizada no país e possui relação benefício-risco favorável ao seu uso, desde que produzida nos termos aprovada pela Anvisa. As pessoas que tomaram a vacina estão sendo monitoradas.
Veja quantas doses cada cidade aplicou
Abreulândia – 9 doses
Aliança – 10 doses
Almas – 10 doses
Alvorada – 3 doses
Araguaçu – 1 doses
Arraias – 9 doses
Aurora – 10 doses
Barrolândia – Não aplicou nenhuma das doses recebidas
Brejinho – 10 doses
Chapada da Natividade – 24 doses
Combinado – 10 doses
Dianópolis – 9 doses
Fátima – 3 doses
Ipueiras – 10 doses
Jaú – 10 doses
Lavandeira – 8 doses
Mateiros – 1 doses
Monte do Carmo – 6 doses
Natividade – 4 doses
Novo Alegre – Não aplicou nenhuma das doses recebidas
Oliveira de Fátima – 10 doses
Palmeirópolis – 4 doses
Peixe – 29 doses
Pedro Afonso – 5 doses
Pindorama – 10 doses
Ponte Alta do TO – 1 doses
Silvanópolis – Não aplicou nenhuma das doses recebidas
Santa Rosa – 10 doses
Tupirama – 10 doses
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins