Veja a repercussão de atos pela democracia no Brasil em veículos de imprensa internacional

0
51

Jornais dos EUA, do Reino Unido, da França e da Espanha publicaram reportagens sobre o ato no centro de São Paulo para pedir respeito à democracia no Brasil. Pessoas participam do ato em defesa da democracia na Faculdade de Direito da USP, em São Paulo, nesta quinta (11)
Nelson Almeida/AFP
Jornais do Reino Unido, da Argentina e da França e agências de notícias publicaram reportagens sobre o evento desta quinta-feira (11) em São Paulo que reuniu juristas, artistas, empresários e movimentos sociais para pedir respeito ao sistema eleitoral no Brasil.
Compartilhar pelo WhatsApp
Compartilhar pelo Telegram
No ato, foi lido um manifesto intitulado “Carta às Brasileiras e aos Brasileiros em defesa do Estado democrático de Direito”. O documento foi organizado por ex-alunos da Faculdade de Direito da USP e conta com mais de 930 mil signatários.
Leia também
Ato pela democracia recorda mortos na ditadura, pede respeito ao sistema eleitoral e leva multidão ao Centro de SP
FOTOS: ato em defesa da democracia e do sistema eleitoral em São Paulo
DESTAQUES: Veja trechos dos discursos em manifesto na Faculdade de Direito da USP
Veja abaixo como alguns dos jornais noticiaram o evento em São Paulo.
Reino Unido – ‘The Guardian’
Reprodução da reportagem do ‘Guardian’ sobre carta a favor da democracia, em 11 de agosto de 2022
Reprodução/Guardian
O jornal afirmou que a carta recebeu apoio de pessoas importantes em setores empresariais, políticos, cientistas e artistas, e foi publicada depois que o presidente Jair Bolsonaro aumentou seus ataques ao sistema de votação e que as pessoas foram convocadas a fazer protestos na rua uma última vez antes das eleições, em 2 de outubro.
Estados Unidos – ‘Washington Post’
Reprodução do texto da AP publicado pelo ‘Washignton Post’ sobre o ato em defesa da democracia, em 11 de agosto de 2022
Reprodução/Washington Post
O “Washington Post” reproduziu um texto da agência Associated Press.
A reportagem cita o ato de 1977 que serviu de inspiração para os eventos desta quinta-feira: “As massas foram à escola de direito da Universidade de São Paulo para ouvir uma leitura de ‘Uma Carta aos Brasileiros”, um manifesto que pedia o retorno do estado de direito. Nesta quinta-feira, eles ouviram declarações em defesa da democracia e do sistema eleitoral do país, que o presidente Jair Bolsonaro atacou repetidas vezes em sua defesa pela sua reeleição”.
França – ‘Les Temps’ e ‘Le Figaro’
Reprodução dos ‘Les Temps’ sobre ato em São Paulo em 11 de agosto de 2022
Reprodução/Les Temps
O jornal francês ‘Les Temps’ também lembra que faltam dois meses para a votação, e afirma que Jair Bolsonaro pode contestar os resultados das urnas —a carta, diz o texto, pede respeito ao processo eleitoral.
Imagem da reportagem do ‘Le Figaro’ sobre manifestação em São Paulo em 11 de agosto de 2022
Reprodução/Le Figaro
No “Le Figaro”, afirma-se que Bolsonaro “recebeu um aviso sério” porque “continua atacando o sistema eleitoral”.
“Pela primeira vez, a sociedade civil e os empregadores se posicionaram em defesa da democracia brasileira em ‘momento de imenso perigo’ para as instituições do maior país da América Latina”, diz o texto.
O “Le Figaro” lembra que as urnas eletrônicas existem há 25 anos e afirma que as alegações de fraude por parte do presidente, nunca comprovadas, podem ser apenas um pretexto para preparar o terreno para não reconhecer os resultados em caso de derrota, como o ataque dos apoiadores de Donald Trump ao Capitólio, nos EUA em 2021.
Espanha – ‘El País’
Imagem da reportagem do ‘El País’, da Espanha, de ato na Faculdade de Direito de São Paulo, em 11 de agosto de 2022
Reprodução/El País
O “El País” afirma que o evento foi organizado “pela prestigiosa Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo”, e, citando a carta, diz que o país passa por um momento de grande perigo para a normalidade democrática.
A reportagem do jornal espanhol diz que a carta pede para que os brasileiros fiquem alertas para defender a democracia e o respeito aos resultados das eleições.
Veja os vídeos mais assistidos do g1

Fonte: G1 Mundo