Soldado que salvou jovem de veículo em chamas é promovido por bravura em Araguaína

0
138

A ocorrência aconteceu em julho de 2019 na Avenida Filadélfia.

 

O comandante-geral da PM do Tocantins, Jaizon Veras Barbosa, promoveu o policial militar James de Sousa Reis à graduação de cabo pelo critério de bravura.

O militar do 2º Batalhão de Araguaína salvou a vida de um jovem que ficou desacordado dentro de um carro em chamas na Avenida Filadélfia após um acidente ocorrido no dia 7 de julho de 2019.

Na época, a polícia informou que o condutor de 22 anos perdeu o controle da direção, colidiu de raspão na traseira de um caminhão que estava estacionado e bateu em um poste de energia elétrica.

Com o impacto, o poste quebrou e os fios de alta tensão energizados caíram sobre o veículo, que pegou fogo logo em seguida.

Uma guarnição da PM que fazia patrulhamento naquela região se deparou com o acidente e tentou acordar o condutor e apagar o fogo com o extintor de incêndio da viatura, mas sem êxito.

Então, o soldado James Reis conseguiu abrir a porta do veículo e retirar o jovem. Durante o resgate, os policiais inalaram fumaça e chegaram a passar mal. O incêndio foi controlado pelo Corpo de Bombeiros.

Promoção por bravura

A promoção pelo critério de bravura é prevista na Lei nº 2.578, de 20 de abril de 2012, que dispõe sobre o estatuto dos policiais e bombeiros militares do Tocantins.

Conforme a lei, a promoção por bravura é “resultante de ato ou atos incomuns de coragem, audácia e abnegação que, ultrapassando os limites normais do cumprimento do dever, representem feitos indispensáveis às operações militares, pelos resultados alcançados ou pelo exemplo deles emanado”.

 

Créditos: Af Notícias