Programa Olhar Atento promove reflexão sobre estratégias de reconhecimento pessoal para orientadores educacionais

0
106

O evento proporcionou debate sobre práticas que tornam o cotidiano educacional mais saudável

Com o Programa Olhar Atento, do Governo do Tocantins, educadores de todo o Estado têm participado de atividades on-line que visam abordar e contribuir com a saúde mental desses profissionais e também de estudantes. Nesta quinta-feira, 16, foi a vez dos orientadores educacionais das Diretorias Regionais de Educação (DREs) participarem de um encontro virtual, promovido pela Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc).

Com o tema ‘Sofrimento Psicossocial: estratégias e recursos para se reconhecerem’, abordado pelo Prof. Dr. Ladislau Ribeiro do Nascimento, da Universidade Federal do Tocantins (UFT), o evento proporcionou um debate sobre práticas que tornam o cotidiano educacional mais saudável nos sentidos social, psicológico e cognitivo.

Utilizando a psicologia da Gestalt, o professor contextualizou e descreveu práticas diárias que são fundamentais para a compreensão de si mesmo e do mundo. “Dependendo da perspectiva, dos aspectos psicológicos e sociais, as pessoas vão enxergar a imagem de maneiras distintas. O que é aplicável a outras coisas, como as dificuldades, os processos de formação e dificuldade de aprendizagem, por exemplo, está no nosso cotidiano”, explicou.

Na educação básica, o conceito de Gestalt pode ser aplicado quando se conceitua o todo e depois, aos poucos, o educador desmembra esse todo, de forma que o estudante conheça cada parte de um processo sem esquecer a sua finalidade.

Os educadores ainda puderam realizar um exercício que abordou o desenvolvimento de carreiras, e o professor abordou a questão identitária nas perspectivas e práticas educacionais, proporcionando um olhar interno e reflexão de autoconhecimento.

Para a orientadora educacional Verny de Fátima Oliveira Fucks, da DRE de Gurupi, foi um momento de aprendizado. “Esse encontro do Programa Olhar Atento, conduzido pelo professor Ladislau, foi muito bom, nos trouxe algumas ferramentas importantes para trabalharmos a autonomia, a liderança, a motivação e o autoconhecimento do aluno”.

Foram realizados dois encontros, um às 14h, para os profissionais das Diretorias Regionais de Educação de Gurupi, Porto Nacional, Palmas, Paraíso, Dianópolis e Arraias. E outro, às 15h, para as DREs de Araguaína, Araguatins, Colinas, Guaraí, Miracema, Pedro Afonso e Tocantinópolis. O próximo encontro deste grupo será realizado no mês de agosto.

Olhar Atento

O programa Olhar Atento, do Governo do Estado, visa proporcionar apoio socioemocional aos educadores e estudantes da rede estadual durante os diversos estágios da pandemia do novo coronavírus.

A iniciativa busca proporcionar o suporte necessário aos profissionais da educação e estudantes para que possam se manter equilibrados e saudáveis, garantindo as condições necessárias para protagonizar o ensino não presencial, o retorno gradual às salas de aula e preparando-se para o enfrentamento dos desafios que se apresentarão no período pós-pandemia.

Parceiros

O Olhar Atento disponibiliza diversos instrumentos, como os cursos certificados, on-line e 100% gratuitos, que serão ofertados aos professores da rede estadual, por meio de parceria com o Instituto Península, por intermédio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). Os cursos serão ofertados na Plataforma Vivescer e visam auxiliar os professores no equilíbrio da mente, corpo e emoções.

Além disso, por meio de convênio firmado com a Universidade Federal do Tocantins (UFT), por meio da Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários (Proex/UFT), a Seduc disponibilizará assistência psicológica a professores e estudantes da educação básica estadual, com o projeto Psicologia e Educação no enfrentamento do sofrimento psicossocial.

 

Por: Guilherme Gandara/Governo do Tocantins