Programa de Melhoramento Genético de Palmas atinge a marca de 234 matrizes bovinas inseminadas

0
101

O método utilizado é a Inseminação Artificial em Tempo Fixo, com uso de hormônios que induzem a ovulação e introdução de sêmen no dia programado

Com saldo de 234 matrizes bovinas inseminadas, a Prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural de Palmas (Seder) concluiu nessa segunda-feira, 11, mais uma ação prevista no programa de Melhoramento Genético do Rebanho Leiteiro de Palmas, parte no plano de trabalho do projeto Leite de Palmas. Os produtores atendidos estão localizados nas regiões do Jaú, Santa Fé Rural, Taquaruçu, Três Penas, Estiva, Entre Rios e Coqueirinho.

O método utilizado é a Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF), com uso de hormônios que induzem a ovulação e introdução de sêmen no dia programado, pois a matriz já foi estimulada anteriormente com o hormônio injetável e o uso de um dispositivo intravaginal de progesterona. Os sêmens utilizados são das raças Holandês, Gir, Girolando e Jersey. Os primeiros atendimentos desta nova etapa começaram no dia 19 de maio deste ano. A Seder fornece a mão de obra e insumos, incluindo o sêmen.

O atendimento não fica restrito a apenas a inseminação, mas as matrizes são observadas durante toda a gestação e pós-parto. São considerados o escore corporal da matriz, alimentação e desenvolvimento do feto. Para tanto o índice utilizado como parâmetro é o Escore de Condição Corporal (ECC), com avaliação visual dos animais, checagem da quantidade de gordura por meio da palpação e a cobertura muscular do animal.

Com pontuação de 1 a 5, espera-se que as matrizes obtenham em torno de 3,5. Além de garantir uma boa gestação, os animais estarão prontos para uma nova cobertura ou inseminação em até 83 dias após o parto.

 

Por: Secom Palmas