Prefeitura de Paraíso publica novo decreto, sob pena de multa diária aos estabelecimentos que descumprirem as regras

0
274
imagem da internet

Seguindo as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e também a deliberação do Comitê de Operação Emergencial (COE), foi publicado nesta quarta feira (8) um novo decreto da prefeitura de Paraíso.

De acordo com o Decreto Municipal 543/2020, a cidade segue em situação de emergência para o enfrentamento da pandemia, e além de dispensar a necessidade de licitação para aquisição de bens e serviços destinados ao combate da Covid-19, o decreto também alerta as lojas ou estabelecimentos ao cumprimento de algumas regras, como o uso obrigatório de máscaras de proteção por parte dos funcionários e colaboradores; manter distância de 1,5m entre cada pessoa; revezamento de turno ou escalas de trabalho sempre que possível para evitar aglomerações; fornecimento de álcool em gel; entre outros, além de algumas proibições como a venda de bebidas alcoólicas em restaurantes, lanchonetes, postos de combustíveis, etc..

O novo decreto tem divido opiniões entre a população, especialmente os empresários, como a Rute, que junto ao seu esposo administram uma empresa no ramo de acessório automobilístico e apoiam a decisão. SDecreto 543.pdfegundo ela “enquanto outras cidades estão paradas financeiramente, Paraíso não precisou fechar as portas dos seus comércios, mas apenas se adequar, tomando as medidas necessárias para evitar o contágio e a proliferação da Covid-19.”

Segundo a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Paraíso, o decreto entra em vigor na data de sua publicação e vigorará enquanto durar a situação de emergência.

 

Por: Carol Azevedo.