Policiais encontram madeira de corte proibido sendo transportada ilegalmente na BR-153

0
62

PRF informou que no momento da abordagem o motorista apresentou documento fiscal de uma carga de grãos de milho. Madeira de corte proibido foi encontrada em caminhão na BR-153
Divulgação/PRF
Uma carga de madeira foi apreendida neste sábado (25) em Gurupi, na região sul do Tocantins. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a madeira encontrada no caminhão britrem é de corte proibido. O motorista apresentou um documento fiscal carga de grãos de milho.
A apreensão aconteceu km 663 da BR-153. Durante fiscalização no local, os policiais abordaram o caminhoneiro e pediram documentos pessoais, do veículo e nota da carga transportada. O condutor já tinha afirmado que estaria transportando milho, mas quando a equipe solicitou que fosse retirada a lona da carga ele confessou que estava transportando madeira.
Segundo os documentos, estaria sendo transportado 60 metros cúbicos de madeira de reflorestamento, mas “a PRF identificou que a madeira na verdade seria de castanheira (bertholletia excelsa), espécie de corte proibido e não passível de exploração para fins madeireiros”, informou a polícia.
Questionado, o homem alegou que a madeira foi retirada em Altamira (PA) e seria levada para uma empresa de Vila Velha (ES). A PRF informou que a empresa que receptaria a o material ilegal já esteve envolvida em outras ocorrências semelhantes.
Por ter sido constatado, a princípio, crime ambiental, o veículo e a carga foram apreendidos e encontram-se à disposição dos órgãos ambientais e da Justiça.
Carga de madeira foi apreendida na BR-153, em Gurupi
Divulgação/PRF
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins