Polícia Civil do Tocantins prende suspeito de latrocínio tentado ocorrido em Itaporã

0
111

Além da prisão, foi apreendida uma arma de fogo, munições e uma moto usada para praticar o crime.

 

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 45º Delegacia de Polícia em Colméia e com apoio da 3º Delegacia Regional de Colinas do Tocantins, concluiu a investigação de um crime de latrocínio tentado ocorrido em Itaporã no início deste mês.  A prisão de um dos suspeitos apontados como participantes do crime, um homem de 25 anos, aconteceu na tarde desta quinta-feira, 28, mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva.

Conforme o titular da 45ª Delegacia de Polícia de Colméia, delegado Roberto Assis, a prisão do suspeito foi efetuada em Nova Olinda e, em seguida, ele foi apresentado na Central de Flagrantes de Araguaína-TO. Durante a ação, os policiais civis localizaram e apreenderam uma arma de fogo, sete munições e uma motocicleta usada para praticar o crime. Além da prática de latrocínio tentado, o homem responderá por posse ilegal de arma de fogo.

Segundo o Delegado Roberto Assis, as investigações apontam que o homem não agiu sozinho. Desse modo, está em diligência a prisão preventiva do segundo suspeito. O delegado ressaltou que a dupla é de alta periculosidade e age com extrema violência.

 O crime

Conforme apurada pela autoridade policial, no início deste mês de maio, a dupla chegou na fazenda da vítima, em Itaporã, em uma motocicleta. Os indivíduos tentaram roubar os pertences que estavam no local e chegaram a atirar na cabeça do proprietário da fazenda, um idoso de 60 anos de idade.

 

Por: Patricia de Paiva / Governo do Tocantins