Palmas tem início de semana violento com mortos e feridos em diferentes bairros da região sul

0
65

Casos foram registrados pela Polícia Militar e são investigados pela Polícia Civil. Ninguém foi preso até a publicação desta reportagem. Homem foi assassinado no setor Taquari, em Palmas
Igor Rosa/TV Anhanguera
Palmas teve um início de semana violento com pelo menos quatro mortes e três pessoas feridas. Todos os casos foram registrados na região sul da cidade, mas em setores diferentes. Ninguém foi preso até a publicação desta reportagem.
O g1 questionou a Polícia Civil se há relação entre algum dos crimes ou se há suspeitos, mas a resposta foi “que todos os casos estão sendo devidamente investigados e que mais informações sobre os mesmo serão divulgadas em tempo oportuno”.
Idosa morta em cama
A última morte foi de uma idosa de 68 anos em uma chácara na região de Taquaralto, no fim da manhã desta segunda-feira (15). Conforme a Polícia Militar, o caso inicialmente foi registrado como morte aparentemente natural, mas a perícia esteve no local e o caso deverá ser investigado.
A PM informou que foi chamada pela médica que acompanhava a saúde da idosa. A profissional afirmou que recebeu uma solicitação da família para que atestasse a morte da paciente, que teria sido encontrada sem vida por um filho durante a manhã.
A médica se negou a atestar o óbito porque, segundo relatou à PM, encontrou a idosa com escoriações na face, hematomas na cabeça e na região da coluna dorsal e lombar. Além disso, havia presença de sangue na cama da idosa.
Conforme a PM, a perícia esteve no local e o corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) para passar por uma perícia.
Mortes no Taquari
Na noite de domingo (14) um homem foi morto a tiros rua T-32 no bairro Jardim Taquari, também na região sul de Palmas. Segundo a Polícia Militar (PM), a vítima foi atingida por tiros na cabeça enquanto estava na frente de casa.
Testemunhas contaram à polícia que dois criminosos chegaram em uma moto e fizeram vários disparos contra pessoas que estavam no local.
Já na manhã desta segunda-feira (15), por volta das 6h40, a PM voltou a ser chamada a região, após um segundo corpo ser localizado. O homem de 21 anos estava caído sem vida atrás de um poste da rede elétrica.
A suspeita da polícia é que ele também tenha sido baleado pelos criminosos de moto, mas fugiu ferido e acabou morrendo no local. De acordo com a PM, os dois casos possivelmente têm relação devido à distância de apenas 100 metros entre os locais das mortes.
Tiros em cachoeira
No domingo (14), por volta das 18h, houve um tiroteio em uma cachoeira do distrito de Taquaruçu. Um homem identificado como Clemilson Pedrosa dos Santos, de 27 anos, foi baleado e morreu. Outras três pessoas ficaram feridas.
Um perito informou que pelo menos 17 disparos foram realizados no local. As vítimas feridas foram levadas para a Unidade de Pronto Atendimento de Taquaralto pelo Samu e Bombeiros.
Duas delas foram transferidas para o Hospital Geral de Palmas devido à gravidade dos ferimentos, mas não há informações sobre o estado de saúde delas.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins