Mulher é assassinada com pedradas após discussão por causa de celular

0
121

Cleusiane Pereira Cardoso, de 42 anos, foi agredida na quadra 307 Norte. A PM informou que uma mulher de 24 anos foi presa suspeita do crime.

 

Uma mulher de 42 anos foi assassinada com pedradas após uma discussão por causa de um celular na região norte de Palmas. A vítima foi identificada como Cleusiane Pereira Cardoso. A Polícia Militar informou que o caso foi na Quadra 307 Norte, por volta das 4h deste domingo (24) nos fundos de uma distribuidora de bebidas.

A suspeita do crime é uma mulher de 24 anos que não teve o nome divulgado pela Polícia. Para os policias, ela alegou que Cleusiane teria lhe dado um tapa no rosto e tentado tomar o celular. A versão contraria os depoimentos de testemunhas, que disseram que o celular da suspeita caiu após um esbarrão acidental entre as duas.

A mulher de 24 anos não estava no local do crime quando a polícia chegou. Ela foi localizada após denúncias anônimas. Quando foi presa, disse ainda que teve a própria motocicleta furtada no local do crime.

O Samu ainda esteve no local para tentar realizar o socorro, mas quando chegou Cleusiane já tinha morrido. O corpo dela foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para passar pela necrópsia, que é obrigatória em casos de mortes violentas. Não foram divulgadas informações sobre o velório.

A suspeita do assassinato prestou depoimento na delegacia central da Avenida Teotônio Segurado. Ela deve passar por audiência de custódia, para saber se vai responder ao inquérito presa ou em liberdade, ao longo do fim de semana.

A Polícia Civil informou que no local do crime foram apreendidos pedaços de pedra que podem ter sido usados no assassinato. O caso foi registrado como homicídio fútil qualificado. O inquérito será enviado para a Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) nesta segunda-feira (25) e então a equipe vai decidir se são necessárias novas diligências.

 

Por: G1 Tocantins