Moradores beneficiados com refeição popular vão ter direito a prato feito servido nos restaurantes credenciados; entenda

0
42

Benefício foi criado para fornecer refeições às pessoas que fazem parte do Cadastro Único durante a reforma dos restaurantes comunitários. Valor da refeição sairá por R$ 3. Veja como se cadastrar para receber refeições com preço popular em Palmas
Os moradores de Palmas beneficiados com o ‘Programa Restaurante Popular’ vão ter direito a um prato feito, servido no restaurante que estiver cadastrado junto à prefeitura. O benefício foi criado para fornecer refeições às pessoas que fazem parte do Cadastro Único, enquanto os restaurantes comunitários passam por reformas. As unidades ficarão fechadas por 180 dias.
Interessados precisam estar inscritos no CadÚnico e podem fazer o cadastro para participar do programa em 11 pontos da cidade.
“Todo cidadão palmense que tenha CadÚnico, que esteja com o cadastro atualizado, tem acesso a esse benefício. Nós ampliamos de dois para 11 pontos justamente para que esse direito seja garantido. Nós temos três pontos do Resolve Palmas, ampliamos para o Shopping Capim Dourado. Também na sede da Secretaria de Desenvolvimento Social e nas outras sete unidades do Cras”, explicou a secretária de Desenvolvimento Social, Adriana Aguiar.
LEIA MAIS:
Centros Assistência Social e Sedes começam a cadastrar moradores para recebimento de refeição popular; confira os locais
Cadastro de moradores para refeições populares em Palmas começa nesta segunda-feira (2)
Segundo a secretária, ao procurar um ponto de atendimento, o morador precisa apresentar alguns documentos.
“É algo simples, levar um documento oficial com foto e também o NIS. É muito simples, as assistentes sociais estarão à disposição para toda a orientação, temos também um horário facilitado de 8h às 18h. Basta se deslocar, apresentar essa documentação, ter o cadastro atualizado e ter o benefício garantido”, explicou Adriana.
Moradores beneficiados com refeição popular poderão comer o prato feito nos próprios restaurantes credenciados, em Palmas
Reprodução/TV Anhanguera
Depois disso, o morador receberá um cartão que deve ser apresentado nos restaurantes credenciados. Não serão fornecidas marmitas. O morador vai comer a refeição nos próprios estabelecimentos. O fornecimento da alimentação será a partir da próxima terça-feira (17).
“Nós abrimos um chamamento público no início do mês e os estabelecimentos receberão o cidadão que apresentará esse cartão e terá a oferta da refeição pelo preço de R$ 3. A prefeitura vai complementar com R$ 12”, finalizou.
O edital para credenciamento dos restaurantes foi publicado no início de dezembro. O município pretende contratar até três mil refeições por dia, para atender as pessoas inscritas no CadÚnico
Reformas
Restaurante comunitário da região sul de Palmas
Vilma Nascimento/g1
As obras de reforma e ampliação dos dois restaurantes comunitários tiveram início na primeira semana de janeiro. Segundo o município, a reforma começou pela região Norte, no Restaurante Comunitário Tereza Cristina Ayres, com o serviço de demolição de parte da estrutura.
O serviço de demolição deverá ser concluído na próxima terça-feira (27), quando a equipe se deslocará para o restaurante da região sul, onde realizará o mesmo trabalho.
Após conclusão da demolição, será iniciada a parte de acabamento interno, que inclui troca de azulejos, reforma do piso, das instalações elétricas, hidráulica, rede lógica, pintura e implantação de uma cozinha industrial, dentre outras intervenções.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins