Modelo do OnlyFans é presa por ter matado o namorado com uma faca nos EUA

0
47

Courtney Clenney tinha 2 milhões de seguidores em suas plataformas sociais. Ela foi presa no Havaí por ter matado o namorado a facadas em abril. Para o advogado dela, foi autodefesa. Courtney Clenney em uma imagem sem data publicada em rede social
Reprodução/Redes Sociais
A polícia do Havaí, nos Estados Unidos, prendeu na quarta-feira (10) a modelo Courtney Clenney, de 26 anos, que subia imagens na plataforma OnlyFans, por ter esfaqueado e matado o namorado em Miami, em abril.
Em um comunicado, a polícia afirmou que ela foi presa por assassinato de Christian Obumseli de forma não premeditada com uma arma fatal.
Leia também
Quanto rende o OnlyFans? Os lucros e perrengues de brasileiras que vendem ‘nudes’ no site
OnlyFans anuncia proibição de conteúdo ‘sexualmente explícito’, mas nudez pode ser liberada
Dá para ganhar dinheiro no OnlyFans?
A morte aconteceu em 3 de abril, quando a modelo estava em um processo de reabilitação por uso de substâncias tóxicas e estresse pós-traumático, de acordo com o advogado dela, Frank Pietro. A morte ocorreu em um apartamento de luxo.
Clenney e Christian Obumseli em imagem de rede social
Reprodução/Redes Sociais
Pietro discorda da prisão, pois, para ele, está estabelecido que a cliente agiu em autodefesa durante uma briga que acabou com a facada.
Courtney Clenney em imagem da polícia do Havaí
Reprodução/Polícia do Havaí
O advogado afirmou que o relacionamento do casal era tóxico, e que o namorado havia atacado e enforcado ela no dia em questão. “A Courtney não tinha outra escolha a não ser responder com força”, disse ele.
Um primo da vítima já afirmou que a família não acredita na tese da autodefesa e que Toby Obumseli não iria atacar alguém violentamente.
Conheça o casal
Obumseli, a vítima, trabalhava com criptomoedas.
Courtney não usava o próprio nome no OnlyFans, mas, sim, a alcunha Courtney Tailor. Ela tinha 2 milhões de seguidores em suas plataformas de mídias sociais, de acordo com a mídia americana.
Ela e Obumseli namoravam há menos de dois anos. O relacionamento foi marcado por conflitos domésticos: ela chegou a ser presa por agressão doméstica em Las Vegas, e, em uma época em que os dois moravam na cidade de Austin, no Texas, a polícia foi chamada em várias ocasiões para resolver conflitos entre o casal.
Os dois moravam em Miami há alguns meses. Segundo o “Miami Herald”, a polícia da cidade foi ao apartamento dos dois em 1º de abril, dois dias antes do esfaqueamento, para atender uma chamada de distúrbio doméstico.
Courtney Clenney em imagem publicada em uma rede social
Reprodução/Redes Sociais
Na noite de 3 de abril, pouco antes das 17h, Clenney ligou para a polícia para dizer que Obumseli havia sido esfaqueado.
Veja os vídeos mais assistidos do g1

Fonte: G1 Mundo