Ministro britânico da Justiça ignora significado de ‘misoginia’

0
98

A palavra ‘misoginia’ designa o ódio dirigido especificamente contra as mulheres. Recentes casos de feminicídio trouxeram o tema à tona entre os britânicos. Ministro da Justiça do Reino Unido, Dominic Raab, em conferência do partido conservador em 6 de outubro de 2021
Toby Melville/Reuters
O ministro britânico da Justiça, Dominic Raab, foi alvo de piada nesta quarta-feira (6) por afirmar que a “misoginia” diz respeito à atitude de “um homem contra uma mulher, ou uma mulher contra um homem”.
A palavra “misoginia” designa o ódio dirigido especificamente contra as mulheres, lembrou-lhe a apresentadora da rede BBC que entrevistava.
A misoginia é o tema do momento no Reino Unido, em meio a vários crimes que abalaram o país, incluindo feminicídios. Entre estes casos chocantes, está o de estupro e assassinato da londrina Sarah Everard – cometidos por um policial condenado à prisão perpétua na semana passada.
Na terça-feira (5), o governo britânico anunciou uma investigação para entender como foi possível ignorar os vários sinais alarmantes sobre o comportamento do agente poderiam ser ignorados. As autoridades também querem examinar possíveis “problemas culturais” dentro da polícia.
Grupos de ativistas militam para que a misoginia seja incluída na lista de crimes de ódio, como os cometidos por orientação sexual, ou religião, algo que o primeiro-ministro Boris Johnson e seu ministro da Justiça descartaram.
“Acredito que vemos, com frequência, (…) pessoas que tenta legislar sobre o que é um problema de aplicação da lei”, disse Raab à BBC.
E, na sequência, para reforçar seu argumento, considerou que “misoginia é errado, seja de um homem contra uma mulher, ou de uma mulher contra um homem”.
Ao ser confrontado com o erro, o ministro se esquivou da pergunta: “Se falarmos de insultos baseados no sexismo, não acho que criminalizar esse tipo de coisa vá resolver o problema de fundo do caso Sarah Everard”.
Seus comentários foram alvo de chacota e memes na Internet.
A porta-voz do Partido Liberal-Democrata para questões de igualdade, Wera Hobhouse, considerou que “não surpreende que os conservadores não consigam combater a misoginia, já que seu ministro da Justiça nem parece saber o que é”.
Alguns lembraram outras gafes de Raab. Em novembro de 2018, quando era ministro do Brexit, admitiu desconhecer a importância estratégica do porto inglês de Dover, por onde transitam 17% do comércio total de mercadorias do país.
VÍDEOS mais vistos do G1

Fonte: G1 Mundo