Ministério Público apura irregularidade na suposta transferência do Núcleo Henfil em Palmas

0
98

O Ministério Público do Tocantins (MPTO), por meio da 19° Promotoria de Justiça da Capital, instaurou Procedimento Administrativo nesta quarta-feira, 19, para averiguar a informação de suposta transferência do Núcleo de Assistência Henfil de Palmas, especializado no atendimento de paciente com HIV/Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis, para a Policlínica da Região Norte, após relatos de pessoas que necessitam de sigilo e discrição no atendimento pelo núcleo.

O promotor de Justiça, Thiago Ribeiro, determinou diligência junto à Secretaria Municipal de Saúde de Palmas, a fim de esclarecer os fatos e dimensionar o eventual prejuízo ao serviço em decorrência da suposta alteração do endereço.

 

Por: Conexão Tocantins