Mais de Três mil Carteiras de Trabalho Estão Esquecidas no Sine Tocantins

0
224

O Sistema Nacional de Emprego (Sine) em todo o Tocantins tem um montante de 3.200 carteiras de trabalho esquecidas, aguardando quem solicitou ir apanhar. Algumas foram emitidas ainda em 2001.

De acordo com a gerente do Sine de Palmas, Cleudiana de Mesquita, geralmente os trabalhadores solicitam a carteira com a intenção de concorrer a uma vaga específica e quando a contratação não se efetiva como o esperado, eles desistem de buscar o documento. “Além disso, existem casos de mudança de cidade, falecimento, dentre outros motivos”, exemplifica a gerente.

Somente no primeiro trimestre de 2019, o Sine emitiu um total de 5.101 carteiras e durante todo o ano de 2018 foram 19.338 exemplares. A Carteira apesar de ter um custo de produção é repassada ao trabalhador de forma gratuita.

O documento é imprescindível nas contratações em empregos formais e também garante o acesso a alguns dos principais direitos trabalhistas como seguro-desemprego, benefícios previdenciários e Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

O prazo mínimo para a entrega da carteira de trabalho é de cinco dias. Quando o solicitante não retorna para buscá-la, o documento fica arquivado. Para a retirada do mesmo é necessária a apresentação do protocolo, mas se o trabalhador não o tiver pode apresentar a carteira de identidade.

Como solicitar a Carteira de Trabalho

O trabalhador interessado em ter o documento em Palmas pode procurar o Sine localizado na Quadra 104 Sul, próximo ao Camelódromo, portando os documentos pessoais originais, Registro Geral (RG) e Cadastro Pessoa Física (CPF), uma foto 3X4 e comprovante de endereço. Os trabalhadores que necessitarem da 2ª via devem apresentar boletim de ocorrência que registre a perda ou roubo do documento.

Cíntia Ribeiro / Farcom-To

Foto: Sine/Governo Tocantins