Idoso suspeito de estuprar mulher com problemas mentais se joga no chão da delegacia ao saber que ia ser preso

0
52

Crime foi em Dianópolis, na região sudeste do estado, em 2017. Homem de 72 anos estava foragido desde 2018. Homem tentou evitar a prisão na Delegacia Especializada em Dianópolis
Polícia Civil/Divulgação
Um idoso de 72 anos foi preso pelo crime de estupro de vulnerável nesta quinta-feira (18), em Dianópolis, região sudeste do estado. A vítima foi uma mulher com transtornos mentais. Ao saber sobre mandado de prisão, ele tentou resistir, se jogando no chão da delegacia.
Segundo a Polícia Civil, o crime foi em 2017 e o idoso chegou a ser indiciado e denunciado pelo crime. Ele tinha proximidade com a família da mulher na época em que ocorreu o abuso.
Em 2018, a Justiça autorizou a prisão do homem, mas ele ainda estava em liberdade. Ele compareceu à Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher e Vulneráveis de Dianópolis nesta quinta-feira (18), após ser intimado para prestar depoimento para investigação sobre o caso de estupro.
Os agentes aproveitaram e fizeram um levantamento da ficha do suspeito enquanto ele estava na delegacia e descobriram o mandado de prisão em aberto.
Ao descobrir que seria preso pelo crime de estupro de vulnerável, o idoso protestou contra a ordem e chegou a se jogar no chão da delegacia. Mesmo assim, ele foi preso e levado para a Central de Atendimento. Depois foi levado à Cadeia Pública de Dianópolis, onde ficará à disposição da Justiça.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins