Homem morto por coronavírus em Palmas foi vice-prefeito e vereador de Lizarda

0
106

Everaldo Torres tinha 52 anos e estava internado em um hospital particular de Palmas, onde morava com a família.

 

Um paciente que morreu por coronavírus nesta terça-feira (12) em Palmas já foi vereador e vice-prefeito de Lizarda, município da região sudeste do Tocantins. Trata-se de Everaldo Torres de 52 anos. Ele morava com a família há alguns anos na capital, onde a morte foi contabilizada. A mulher e o filho dele também estão com a doença.

Esta é a terceira morte pela Covid-19 em Palmas. O Tocantins já tem 18 mortes pela doença e mais de 820 pessoas com o diagnóstico. Os números oficiais da Secretaria Estadual da Saúde (SES) devem ser atualizados no boletim epidemiológico divulgado ainda nesta quarta-feira (13).

A Prefeitura de Palmas informou que Everaldo estava internado desde o último dia 10 em um hospital particular da cidade. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Palmas, o paciente tinha a saúde fragilizada em consequência de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), sofrido há aproximadamente cinco anos.

A mulher do paciente, que também foi infectada, está em isolamento domiciliar. Já o filho está internado em situação estável.

Everaldo exerceu o cargo de vereador por três mandatos e foi vice-prefeito duas vezes. Ele deixa a esposa e quatro filhos.

Um ex-vereador de Tocantinópolis, na região norte do Tocantins, também morreu vítima do novo coronavírus. Almiro Aguiar da Silva, de 56 anos, já foi presidente da Câmara de Vereadores da cidade. Segundo a Prefeitura da cidade, o exame do ex-vereador foi feito no Laboratório Central do Tocantins (Lacen) e o resultado foi divulgado na manhã desta quarta-feira (13).

Por: G1 Tocantins