Estado registra 982 casos de coronavírus e 11 novas mortes; Total de infectados passa de 46,3 mil

0
90

Araguaína teve o maior número de novos casos no boletim estadual desta quarta-feira (26). Palmas segue como a cidade mais afetada pela pandemia no estado.

O Tocantins contabilizou 982 diagnósticos de coronavírus e 11 novas mortes causadas pela Covid-19 nesta quarta-feira (26). Os dados estão disponíveis no boletim epidemiológico estadual. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde (SES) os novos casos registrados incluem vários dias de coletas de exames. O total de infectados no estado agora é de 46.364 e o número de óbitos chegou a 621.

Os últimos pacientes que não resistiram aos sintomas da doença moravam em Palmas e em cidades do interior do estado. Eles tinham entre 36 e 83 anos.

  • Mulher de 78 anos, moradora de Araguaína. Comorbidades: hipertensão e diabetes. Óbito dia 24/08/20 no Hospital Dom Orione.
  • Homem de 66 anos, morador de Marianópolis. Comorbidade: hipertensão e diabetes. Óbito dia 01/08/2020 no Hospital Geral de Palmas.
  • Homem de 55 anos, morador de Miracema. Comorbidades: hipertensão. Óbito dia 27/07/2020 no Hospital Santa Thereza.
  • Homem de 57 anos, morador de Miracema do Tocantins. Comorbidades: hipertensão. Óbito dia 22/08/20 no Hospital de Referência de Miracema.
  • Homem de 83 anos, morador de Palmas. Óbito dia 19/08/20 na UPA.
  • Homem de 36 anos, morador de Palmas. Comorbidades: insuficiência cardíaca, febre reumática. Óbito dia 04/08/20 no Hospital Geral de Palmas.
  • Homem de 54 anos, morador de Colinas do Tocantins. Comorbidades: hipertensão e doença de renal crônica. Óbito dia 07/08/20 no Hospital Geral de Palmas.
  • Mulher de 82 anos, moradora de Tupirama. Comorbidades: hipertensão. Óbito dia 07/08/20 no Hospital Geral de Palmas.
  • Homem de 72 anos, morador de Peixe. Óbito dia 25/08/20 no Hospital Regional de Gurupi.
  • Homem de 75 anos, morador de Gurupi. Comorbidade: insuficiência renal aguda e coronariopatia. Óbito dia 25/08/20 no Hospita Santa Tereza.
  • Mulher de 72 anos, moradora de Palmas. Comorbidade: doença renal crônica. Óbito dia 24/08/20 no Instituto Ortopédico de Palmas

Novos casos

Foram registrados novos casos da doença em 81 cidades do estado. Em Palmas foram 213 diagnósticos. A capital chegou a 11.434 confirmações e segue sendo o município mais afetado pela pandemia no Tocantins. A cidade também tem 82 mortes.

Araguaína, no norte do Tocantins, é a segunda cidade mais afetada pela pandemia. Com os 214 novos diagnósticos contabilizados nesta quarta-feira (26), a cidade chega a 11.226 pessoas infectadas e 139 mortes.

Todos os 139 municípios do Tocantins têm casos confirmados da doença. Veja abaixo os 10 municípios mais afetados no estado. A lista completa pode ser encontrada no site da Secretaria de Saúde.

A SES informou que, do total de casos, 28.177 pacientes estão recuperados e 17.566 ainda estão em acompanhamento e isolamento. O estado tem 87 pessoas internadas em UTIs públicas e outras 46 em leitos de terapia intensiva particulares.

Taxa de ocupação

A maior taxa de ocupação dos leitos de UTI públicos nesta quarta-feira (26), até 14h, estava no Hospital Regional de Araguaína (100%). Veja abaixo:

  • Hospital Regional de Augustinópolis – 50% de ocupação
  • Hospital Regional de Araguaína – 100% de ocupação
  • Hospital Regional de Gurupi – 60% de ocupação
  • Hospital Geral de Palmas – 54% de ocupação
  • Hospital Municipal de Campanha de Araguaína – 90% de ocupação
  • Hospital Municipal de Araguaína (UTI pediátrica) – 33% de ocupação
  • Hospital de Combate à Covid-19 – 100%

Entre os leitos clínicos, a situação mais preocupante é na capital, onde o Hospital e Maternidade Dona Regina aparecem com 100% de ocupação e o Hospital Geral de Palmas com 90% das vagas ocupadas. Os dados de estatística hospitalar podem ser conferidos no portal Integra Saúde.

Cidades mais afetadas pela pandemia

  • Palmas – 11.434 casos e 82 mortes.
  • Araguaína – 11.226 casos e 139 mortes.
  • Gurupi – 2.366 casos e 31 mortes.
  • Porto Nacional – 1.666 casos e 28 mortes.
  • Colinas do Tocantins – 1.605 casos e 13 mortes.
  • Paraíso do Tocantins – 1.470 casos e 28 mortes.
  • Formoso do Araguaia – 922 casos e 11 mortes.
  • Xambioá – 702 casos e nove mortes.
  • Tocantinópolis – 666 casos e 15 mortes.
  • Araguatins – 656 casos e 23 mortes.

 

Por: G1 Tocantins