Dançarino atingido por telão durante show em Hong Kong acorda do coma, diz família

0
50

De acordo com os médicos, é possível que ele não recupere os movimentos do pescoço para baixo. Segundo a família, ele consegue se comunicar de forma básica. Telão cai em cima da boyband Mirror durante show em Hong Kong
O dançarino Mo Li Kai-yin, 27 anos, atingido diretamente pela queda de um telão suspenso durante um show do grupo musical Mirror, em Hong Kong, acordou de um coma induzido neste domingo (7), segundo a família relatou ao jornal South China Morning Post.
“Kai-yin acordou e precisa das preces e incentivo de todos para que ele recupere o mais rápido possível, com a graça de Deus e a possibilidade de voltar aos palcos”, disse o pai Derek Li Shing-lam.
O dançarino continua em tratamento no hospital Rainha Elizabeth e corre o risco de ficar tetraplégico, ou seja, paralisado do pescoço para baixo, segundo os médicos. Ele teve a terceira e quarta seção da coluna vertebral deslocadas e passou por duas cirurgias.
Os pais dele estavam em Toronto, no Canadá, no dia 28 de julho, quando aconteceu o acidente. Derek Li, que é pastor, também pediu preces para os outros dois dançarinos que foram atingidos pelo telão, mas que se encontram em boas condições de saúde.
Vídeos do show mostram o momento em que a enorme tela suspensa acima cai em cima do palco. (Veja no vídeo acima)
Autoridades de Hong Kong disseram a imprensa local que estão investigando os cabos usados para sustentar os telões. Segundo investigações preliminares um dos cabos se rompeu, sem sinais de interferência de ação humana.
Os outros telões, assim como os cabos e suportes, foram recolhidos para ajudar nas investigações. Os organizadores do evento já foram ouvidos pela polícia, segundo a imprensa local.
Telão caiu sobre dançarinos do grupo Mirror durante show em Hong Kong
Divulgação via South China Post
Telão cai em cima da boyband Mirror durante show em Hong Kong
Reprodução/Redes sociais
Dançarinos são atendidos após queda de telão durante show em Hong Kong

Fonte: G1 Mundo