Criminosos invadem casa em Araguaína e executam jovem com tiro na cabeça

0
46
Criminosos perguntaram se celular da vítima era roubado e levaram o aparelho. Esta foi a terceira morte registrada na cidade em apenas dois dias. Erick de Paiva Sousa, 18 anos, foi morto a tiros no setor Lago Azul IV em Araguaína, no norte do Tocantins, na noite desta terça-feira (10). Segundo a Polícia Militar, ele foi executado enquanto estava sentado em uma cadeira na sala de casa. Esta foi a terceira morte registrada na cidade em dois dias.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ainda foi chamado, mas apenas constatou a morte. Testemunhas contaram à Polícia Militar que Erick estava na casa com outros três homens, quando duas motocicletas passaram em frente à casa.
LEIA TAMBÉM
Corpo de homem com marca de tiro é encontrado na zona rural de Araguaína
Os criminosos desceram dos veículos, abriram um portão e entraram na casa. Segundo a testemunha, eles abordaram Erick e perguntaram se o celular dele era roubado. Logo depois fizeram um disparo na cabeça dele.
Os criminosos fugiram do local e não foram encontrados pela PM. A perícia esteve no local e constatou que a vítima foi atingida por um tiro de calibre 380. O aparelho celular não foi localizado.
As investigações sobre o caso seguem a cargo da Polícia Civil de Araguaína.
Outras mortes
Araguaína registrou três mortes em apenas dois dias. Também nesta terça-feira (10) a polícia encontrou o corpo de um homem de 42 anos em uma estrada rural. Ele foi levado para o IML e identificado como Emecidio Ferreira de Carvalho.
A outra morte foi na segunda-feira (9), quando Mikael Kelly Pereira Rodrigues, de 25 anos, foi perseguido e morto a tiros. Ele estava em uma moto com a mulher e o filho, qunado foi assassinado em uma estrada entre os setores presidente Lula e Araguaína Sul.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins