Cemitérios públicos de Palmas passam por adequações e terão alas exclusivas para vítimas da Covid-19

0
143

Os cemitérios públicos de Palmas devem reforçar ainda mais as medidas de segurança e prevenção da disseminação da doença nos locais de sepultamento por conta dos óbitos causados pela Covid-19. O superintendente da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp), Adão Teodoro Maia, disse que os cemitérios públicos estão recebendo adequações na parte de segurança e também foram preparadas alas exclusivas para as vítimas de Covid-19.

 

Portões para evitar aglomerações

Segundo ele, um dos principais cuidados é com a aglomeração de pessoas e, por isso, estão sendo instalados portões para restringir o acesso de carros no cemitério Jardim da Paz. Ainda conforme Maia, os servidores foram treinados, receberam os equipamentos de proteção individual (EPIs) e estão seguindo todos os critérios recomendados.

 

60 sepultamentos por mês 

Palmas possui três cemitérios públicos: Cemitério Jardim da Paz, Cemitério de Taquaruçu e o Cemitério de Buritirana. Segundo a Seisp, ocorrem nos cemitérios municipais, em média, 60 sepultamentos mensais. Até agora foram registrados dois óbitos na Capital em decorrência de Covid-19.

 

Créditos: Portal Cleber Toledo