Casal suspeito por comércio ilegal de arma de fogo é preso em Araguaína

0
107

Além da prisão em flagrante, também foi cumprido mandado de prisão por tráfico de drogas contra o suspeito.

 

Na tarde desta segunda-feira, 25, a Polícia Civil do Tocantins, por meio da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), de Araguaína, prendeu um casal suspeito pela prática do crime de comércio ilegal de arma de fogo.

De acordo com o delegado Guilherme Torres, os policiais civis da DHPP estavam tentando localizar um homem que tinha um mandado de prisão preventiva em aberto por tráfico de drogas e também é investigado por suposto envolvimento em um crime de homicídio em Araguaína. No início da tarde, os policiais civis localizaram o indivíduo, em um bar no Bairro São João. O homem, de 27 anos estava na companhia de uma mulher de 26 anos de idade.

Na abordagem do casal, os agentes descobriram que, na verdade, os dois estavam no local porque o homem estava tentando vender um revólver calibre 357, municiado, sendo que a mulher estaria intermediando a negociação. Diante dos fatos, os dois foram presos em flagrante e conduzidos até a Central de Atendimento da Polícia Civil de Araguaína, onde foram autuados em flagrante por comércio ilegal de arma de fogo.

Também foi cumprido um mandado de prisão preventiva contra o homem, que possui condenação de 17 anos de reclusão por tráfico de drogas. Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, a mulher foi recolhida à Unidade Prisional Feminina de Babaçulândia, e o homem foi encaminhado ao sistema prisional do Tocantins.

As investigações continuam no sentido de apurar o real envolvimento do homem preso hoje em um homicídio, ocorrido há algumas semanas em Araguaína.

 

Por: Bárbara Maciel/ FARCOM-TO