Casal de araras toma água em meio a rotatória movimentada no centro de Palmas; Veja o vídeo

0
70

Flagrante foi feito por um corretor de imóveis que ficou surpreso com a cena. Bióloga explica que as aves “estão muito urbanizadas e se acostumando com a cidade”. Casal de araras toma água em rotatória no centro de Palmas
Um casal de araras-canindé foi flagrado tomando água no centro de Palmas. Um vídeo feito por um morador mostra que as aves pararam perto de uma rotatória onde foi formada uma pequena poça de água da chuva. As imagens mostram que a duplinha não saía do lugar e não parecia incomodada com a movimentação de veículos. (Assista acima)
O vídeo foi feito neste sábado (25) pelo corretor de imóveis Arthur Carvalho Neri. O homem conta que estava saindo da Arse 12, antiga quadra 106 Sul, quando viu os animais e parou para fazer o registro.
Apesar de ser comum a presença de araras na capital, o homem se surpreendeu as aves.
“Já tinha visto de perto, mas não naquela situação. Elas estavam super mansas, tranquilas e há menos de dois metros dos carros. Mesmo com os carros passando elas não voavam. Quando chegou minha vez de passar ao lado, levei um susto. Pena que não podia ficar mais tempo porque era uma rotatória e tinham outros veículos atrás”, contou Arthur.
Araras tomam água entre veículos no centro de Palmas
Divulgação/Arthur Carvalho Neri
Apesar de bonita, o jovem que fez o registro refletiu sobre a cena. “Foi muito bonito. Um momento único. Eu que sou apaixonados por animais gosto muito de ver. Ao mesmo tempo é triste porque sei que a gente está tomando o lugar dos animais e eles estão se adaptando e convivendo com a gente. Isso faz a gente refletir”, disse Arthur.
A bióloga Silene Lívia Aires de Oliveira explicou que as araras, assim como outros animais silvestres, cada vez mais precisam buscar recursos na zona urbana.
“Elas estão muito urbanizadas e se acostumando com a cidade. Com as queimadas e o desmatamento, elas buscam recursos na zona urbana tanto para alimentação quando para nidificação, que é a construção de ninhos. Está sendo bastante comum a gente encontrar casais de araras nesses tocos. Isso acontece porque o habitat delas vai sendo destruído e elas ficam sem recursos nos locais de origem”, explicou a bióloga.
Araras param em poça formada pela chuva para tomar água
Divulgação/Arthur Carvalho Neri
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins