Caminhoneiro do PE morre de Covid-19 no Hospital Geral de Palmas

0
161

Como o paciente é de Pernambuco, a morte não entra nas estatísticas oficiais do Tocantins. Jorge Luiz Souza Pires, de 64 anos tinha problemas cardíacos e estava no grupo de risco para a doença.

 

O caminhoneiro Jorge Luiz Souza Pires, de 64 anos, morreu de Covid-19, na noite desta quarta-feira (29), no Hospital Geral de Palmas. O paciente era de Pernambuco e por isso a morte dele não entra nas estatísticas oficiais do Tocantins, segundo informações da Secretaria Estadual da Saúde. Portanto, o estado continua com três mortes confirmadas da doença.

Pires morava em São Lourenço da Mata (PE) e deu entrada no HGP na última segunda-feira (27). Ele tinha problemas cardíacos, já havia sofrido três infartos e estava no grupo de risco para a doença.

“Mesmo que não entre nas estatísticas oficiais, o governo do Tocantins lamenta mais este óbito pela doença ocorrido no estado e se solidariza com famílias e amigos do caminhoneiro”, disse a nota enviada pela secretaria.

Esse é o terceiro caminhoneiro que morre no Tocantins após contaminação pelo novo coronavírus. Em todo o estado, há um fluxo grande de caminhões, que usam a BR-153 para o transporte de cargas.

Na noite de terça-feira (28), o caminhoneiro tocantinense Valdir Conceição Teles, de 52 anos, morreu no HGP. Ele morava na capital e era diabético. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, o homem havia viajado recentemente ao Maranhão. Ele foi internado no último domingo (26) com sintomas da Covid-19 e não resistiu.

No sábado (25), o também caminhoneiro Antônio Muller, de 56 anos, morreu no Hospital Regional de Araguaína, vítima do novo coronavírus. Ele era morador de Dourados (MS) mas estava de passagem pelo estado e procurou por socorro na cidade de Tocantinópolis. Precisou ser transferido para Araguaína, após ter complicações no quadro de saúde. Este caso também não entra nas estatísticas locais.

Em reunião nesta quarta-feira, o governador Mauro Carlesse (DEM) e prefeitos de vários municípios discutiram a instalação de barreiras sanitárias para orientar e fazer testes rápidos para Covid-19 em viajantes, principalmente nos caminhoneiros que passam pelo estado.

 

Covid-19 no Tocantins

 

Nesta quarta-feira, o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual da saúde confirmou 21 novos casos de Covid-19 no Tocantins. Com isso, o estado chegou ao total de 139 casos positivos desde o início da pandemia.

Foram confirmadas três mortes em decorrência da doença. A servidora da saúde Romana Sousa Chaves, de 47 anos, morreu no dia 14 de abril. A vítima era funcionária da Secretaria Municipal de Saúde e deu entrada em um hospital particular no dia 18 de março. A paciente tinha hipertensão e fazia parte do grupo de risco.

A segunda morte foi registrada no dia 20 de abril. Trata-se do empresário Erlim de Andrade, de 68 anos, e estava internado em um hospital particular de Goiânia. O caso foi registrado no município de origem do paciente, em Paraíso do Tocantins.

A terceira morte ocorreu na terça-feira (28). O caminhoneiro Valdir Conceição Teles, de 52 anos, morreu no Hospital Geral de Palmas.

 

 

Créditos: G1 Tocantins