Araguaína volta a liberar shows, campeonatos, formaturas e aulas presenciais

0
54

Para isso, moradores precisam estar de máscara. Prefeitura manteve também a apresentação do cartão de vacinação com pelo menos a 1ª dose para trabalhadores do comércio e indústria, e ainda para acesso em bares, restaurantes e eventos. Prefeitura de Araguaína libera shows, eventos esportivos e aulas presenciais
Marcos Sandes/Prefeitura de Araguaína
Shows, casamentos, formaturas, aniversários e campeonatos esportivos foram liberados em Araguaína. O decreto com as medidas de flexibilização já está valendo. Também está autorizado o retorno das aulas presenciais nas escolas públicas da rede municipal, unidades da rede privada, além de estágios e cursinhos.
As medidas foram estabelecidas considerando o baixo índice da taxa de ocupação dos leitos clínicos e das UTIs, além da redução de novos casos e mortes pela Covid, segundo a prefeitura. O decreto também considerou a necessidade de evitar maior impacto financeiro ocasionado pela pandemia.
O município destacou que tem apenas 36 pessoas com o vírus na cidade e cerca de 88% dos moradores já se vacinaram com a primeira dose.
Para que as medidas possam ser flexibilizadas, os moradores precisarão usar máscara nos locais públicos e privados, mantendo boca e nariz cobertos. A prefeitura manteve também a apresentação do cartão de vacinação com pelo menos a primeira dose para trabalhadores do comércio e indústria, e acesso em bares, restaurantes e eventos.
Veja as flexibilizações
Esporte – o decreto autorizou campeonatos esportivos e a utilização da Via Lago, Parque Cimba, Complexo Beira Lago, praças, academias ao ar livre e similares, desde que obedecidos todos os protocolos sanitários de distanciamento social e utilização obrigatória de máscaras.
Eventos – estão liberados os eventos artísticos, religiosos, conferências, seminários, oficinas, exposições, shows, casamentos, aniversários, colações de graus, formaturas e similares. Esses só poderão ocorrer desde que obedecidos todos os protocolos sanitários e que estejam previamente autorizados pela fiscalização municipal. A ocupação máxima permitida é de 70% da capacidade do ambiente e há obrigatoriedade de colocar placa sobre a lotação.
Além da carteirinha física ou digital pelo ConecteSUS, as pessoas podem optar por apresentar laudo de exame RT-PCR realizado nas últimas 72 horas ou pesquisa de antígeno para SARS-Cov-2 por swab realizado nas últimas 48 horas com resultado “negativo, não reagente ou não detectado”.
Bares e restaurantes – A capacidade dos bares e restaurantes fechados e semiabertos tiveram a capacidade máxima ampliada de 50% para 70% de utilização do espaço. Para realização dos shows no ambiente, todos devem obedecer aos protocolos sanitários, sendo obrigatório o espaçamento entre as mesas de 1,5 metro, uso de máscara quando estiver fora do assento, disponibilização de álcool em gel 70. Somente os vocalistas são dispensados do uso obrigatório de máscara durante a apresentação.
Aferição de temperatura – Os supermercados, hipermercados, mercados, açougues e similares não precisam mais medir a temperatura dos clientes na entrada do estabelecimento. O decreto determina que é necessário manter o protocolo sanitário de distanciamento social, disponibilização de álcool 70 em fácil acesso e constante higienização do local.
Escolas – Ficou autorizada a retomada das aulas presenciais nas escolas da rede municipal, na rede privada, estágios supervisionados em geral, cursinhos e afins. Para isso, deve-se seguir as normas do decreto e os protocolos de saúde editados pela Organização Mundial da Saúde e pelo Ministério da Educação e a Portaria n° 185/2020 da Secretaria Municipal da Educação.
Velórios – Os velórios de vítimas da Covid-19 devem seguir as orientações da Secretaria Municipal de Saúde e Fundação de Atividade Municipal Comunitária de Araguaína. Já para as demais causas, os velórios poderão ocorrer desde que cumprindo os protocolos sanitários de distanciamento social, uso de máscara e disponibilidade de álcool 70%.
Veja mais notícias da região no g1Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins